Encontra Sua Receita

Carregando...

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

MUDANÇA DE HÁBITO

Não é preciso um esforço exagerado para melhorar aspectos significativos para a saúde; na verdade, pequenas mudanças trazem grandes melhoras. Nesta sessão você sempre encontrará informações simples e facílimas de serem instauradas no seu dia a dia. A disposição para refletir já é um ganho.

· Troque a maionese por creme de yogurte
Sabe aquela salada que é mais maionese que batatas? Fuja dela, correndo!

A verdade é que a maionese é uma bomba de calorias e gorduras saturadas pronta a explodir dentro de você, colocando o ponteiro do colesterol (e da balança) na estratosfera. Numa colher de sopa há 150 calorias e 16 gramas de gordura. É de assustar mesmo as pessoas magras. Por outro lado, o creme de iogurte - fácil de fazer e com um gostinho bem especial -, traz apenas 16 calorias (10 vezes menos) e 0,8 gramas de gordura (20 vezes menos) para a mesma colher de sopa. Ou seja, dê uma colher de chá para o seu organismo.

· Evolua do pão branco para o pão integral
As vantagens compensam a perda daquele cheirinho de pão quente

Pão é um dos ingredientes favoritos para uma boa dieta de engorda, ainda mais o miolo do pão francês, bem massudinho e gorduroso. Pão de forma branco também é uma delícia para o ponteiro da balança, doido para entrar no livro de recordes. Mas muita coisa pode mudar com a simples evolução para o pão de forma integral. Ele possui 5 vezes mais fibras que o pão branco (3,5 gramas por fatia, contra 0,7 do branco) e muito menos sal, o que ótimo para a pressão. Como você sabe, as fibras são essenciais para o intestino, ajudando demais a digestão. Portanto, facilite a saída com uma boa entrada, integral!

· Espinafre para os olhos
A luteína, presente no espinafre, diminui risco de degeneração macular.

Estudo feito por pesquisadores da International University (EUA) constatou que o consumo de luteína, substância presente no espinafre, diminui o risco de degeneração macular. Essa doença afeta a parte central da retina, responsável pela visão dos detalhes, e é mais comum em idosos, explica o oftalmologista Élcio Sato, da Unifesp.

Nenhum comentário: