Encontra Sua Receita

Carregando...

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Você sabe o que está comendo? (Revista Época - 25/7/2005)


Bolacha cream cracker com queijo branco é uma comidinha leve, de dieta, certo? Talvez não. Cinco bolachas dessas têm três vezes mais gordura saturada que um pão francês. E uma fatia de queijo branco, um dos ícones da alimentação light, tem três vezes mais colesterol que a mesma porção de requeijão integral. Pouca gente imaginaria. Mas esses exemplos são, na verdade, apenas uma amostra da enorme vala que separa o que os nutricionistas sabem sobre alimentação do senso comum. A dica da vovó, o anúncio da televisão e até mesmo interesses políticos se misturam com pesquisas sérias e confundem o consumidor, ávido por receitas para emagrecer e viver mais. Essa mistura de interesses se transformou em um grande refogado de mitos.
Os enganos começam pela carne. E a principal vítima dos preconceitos é a de porco. Originalmente, ela era gordurosa. Mas há tempos perdeu medidas. A indústria mudou até o nome do produto para ''carne suína'', mas nem assim a população confia no emagrecimento. ''Entre 1963 e 1990, houve a diminuição de 77% da gordura e 53% das calorias do suíno'', afirma Luciano Roppa, veterinário especialista em nutrição animal. ''A seleção genética segue a tendência light do mercado e dá preferência aos animais magros.'' É por isso que pessoas mais velhas reclamam que não se fazem mais toucinhos como antigamente. Antes, a capa de gordura tinha em média 5,5 centímetros - agora tem 1,5 centímetro. O bife de pernil tem hoje a metade da gordura saturada de um bife de filé mignon com o mesmo tamanho. E praticamente metade do colesterol presente na mesma medida de uma coxa de frango com a pele.
Sucos naturais são calóricos. Não podem ser consumidos em excesso Até o frango entrou na polêmica. Corre por aí a informação de que estão dando hormônios para eles crescerem mais rápido. Mas o aditivo nem existe. ''Não há no mundo nenhum hormônio para aves'', explica Leandro Hackenhaar, engenheiro agrônomo e nutricionista da Degussa, produtora de aditivos alimentícios para animais. ''Os frangos crescem rápido porque as granjas trabalham com uma boa seleção genética e alimentação balanceada.''
FRANGUINHO NADA LIGHT
Duas coxas de frango cozidas (100 gramas) com a pele são até mais gordurosas do que uma fatia, também com 100 gramas, de lombo de porco.
O ideal é estar sempre atenta aos rótulos dos produtos.

2 comentários:

Elvira disse...

É assustador... Felizmente, eu uso muito poucos produtos industrializados porque considero que não sei muito bem como são feitos. Na medida do possível, tento sempre usar produtos caseiros.

Obrigada por nos alertar.

Bete disse...

Aqui em casa tb procuro fugir deles.
Gosto muito de uma alimentação, balanceada e o mais saudável possível.
Bjjs!!!